Apoiam este projeto:

quarta-feira, 29 de novembro de 2017

Ajude o Paulo Henrique a voltar para casa

Santiago – Paulo Henrique de Lima (8 anos), natural de São Chico, nasceu com uma doença rara, chamada “adrenoleucodistrofia”, que se manifesta em crianças a partir dos sete anos. Ela tem três estágios: ataca nos rins, na parte motora e no cérebro, como foi o caso de Paulo Henrique. Ele está hospitalizado em Porto Alegre desde fevereiro, quando fez uma transplante de medula óssea, com sucesso.

Tratamento de alto custo
O problema é que, após a cirurgia, surgiram algumas complicações. Ele teve várias reações, pegou bactérias, vírus e agora se trata de uma hepatite medicamentosa (inflamação no fígado) e de um fungo no pulmão e foi para a cabeça. Paulo Henrique está bem, não ficou com sequela, mas terá que se tratar com voriconazol por muito tempo. O medicamento custa 3 mil a caixa (para 10 dias) e só é fornecido pelo hospital, enquanto estiver internado. A mãe, Viviane Oliveira de Lima, já pediu via judicial, mas ainda não foi liberado. Com esse medicamento, ele pode voltar para casa por alguns dias.
Paulo Henrique com a mãe e o padrasto.
Todos podem ajudar
Muitos amigos e familiares estão mobilizados para conseguir o medicamento enquanto o governo não libera. Para isso, foi feita uma rifa de um capão e um leitão. O sorteio será dia 23 de dezembro. O número custa 5 reais. Qualquer ajuda em dinheiro pode ser depositada na conta: 0360 35.076871. 0-1 (Banrisul- Gabriel de Carvalho Alfonso).
 Contato: 9973-26061 (Viviane), 97053945 (Gabriel) ou 9 9963-2442 (Patrícia).

Rifa da Associação do bairro João Evangelista
Está disponível também com diversas pessoas. Elas estarão no calçadão durante a semana até o dia 20 de dezembro. O valor é 5 reais e os prêmios são 300,00 (1º), um espelho (2º) e um jogo de toalha de banho (3º). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta