Apoiam este projeto:

terça-feira, 5 de dezembro de 2017

Pérolas da Câmara de Santiago


Moda do eslaque
O Batista (PP) não diz "vou saudar, quero saudar ou saúdo". De início ele já come um pedaço da frase e diz "... saudar o fulano, a fulana..." Começou o ano falando bem na lenta e agora parece um narrador esportivo. Né, né? 
Obs. Também não esqueceu de citar a nova moda: "islaque line".

Vereador clichê
Jonathan (PP) foi dos primeiros a falar. Falou bastante, porém, o mais marcante foi seu clichê ordinário: "Se eleito pelo povo fui, junto ao povo estarei". Lembra até o velho Sandro Palma com seu "cavalo de batalha" derrotado.
Obs. Como não diria o Temer: "NÃO mantenha isso".

Tempo regimental
E aqui, um recado à oradora Cleusa (PP). Não precisa dizer sempre "pelo tempo regimental de 5 minutos". Isso cansa! Todo mundo sabe que 5 minutos só pode ser o tempo e que é regimental. Poderia dizer apenas: "por 5 minutos". Fica a dica!

Pelos trilhos
O Gildo (PP) abordou a invasão nos terrenos perto dos trilhos. Há muitas casas irregulares e, no frigir dos ovos, quem está legal ou quer ser legal é quem sofre, lembrou.

"Taxa baxa"
Décio Loureiro (PP) falou da taxa de lixo que não é uma "taxa baxa", mas que todos têm que pagar pelo recolhimento. Depois, citou um montão de números do código tributário, como se alguém conseguisse captar tudo.

Economia
Eva Müler (PMDB) acertou no rim mais uma vez ao questionar a possível suba na taxa de lixo, sendo que ouviu o prefeito dizendo que, graças à nova licitação, está economizando 500 mil por ano nesse serviço. Parece óbvio; se já economizou, não precisa haver aumento na taxa.

Milicada
O Clairton (PSDB) estava invocado com uma tal de "Brigada Milicar". Deve ser com relação aos milicos. Tudo a ver.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta