Apoiam este projeto:

segunda-feira, 5 de fevereiro de 2018

O que fazem as armas? Matam!

Salto do Jacuí - Uma discussão por extração de pedras preciosas levou Varonil Schneider (80 anos) a matar dois e ferir três a tiros. Após o crime, sua casa foi atacada e incendiada por moradores da região. Varonil ficou ferido e foi levado ao hospital de Cruz Alta, onde também faleceu. Ele teria começado a atirar contra o grupo depois que reclamou das constantes invasões em sua chácara. (fotos: Varonil e Alexandre, duas das vítimas)

5 comentários:

  1. Pessoas matam... Veja na Suíça, Finlândia, Suécia, etc.. Populações entre as mais armadas (legalmente) do mundo, onde não costuma-se ver esse tipo de barbárie.

    ResponderExcluir
  2. Sobre o título, verdade armas matam. Armas devem estar nas mãos de quem precisa e tem plena consciência de quando usar. Sou a favor do porte de armas para o cidadão ter o poder de defesa, mas sou contra o acesso de qualquer "maluco" a elas. Se o estatuto do desarmamento não prevalecer mais, é óbvio que a aquisição de uma arma dependerá de uma série de exigências e condições. O caso do Sr. que cometeu os homicídios nos remete a importância do rigor e das condições impostas por futuras leis de aquisição de armas de fogo.

    ResponderExcluir
  3. E obvio que a liberação das armas sofre apoio de quem as vende. Tem gente indo até para os States conhecer o mercado de lá pra trazer pra cá. Tem até candidato a favor de dar metralhadoras as pessoas. O brasileiro não tem cultura pra se comparar aos EUA. Basta ver quantas pessoas foram assassinadas em Stgo nos últimos anos que vemos que o Estatuto esta dando certo. Ninguém desarmou o cidadão entregaram as armas porque queriam e a maioria era tudo Xibo.

    ResponderExcluir
  4. Armas não matam. Pessoas matam !

    ResponderExcluir
  5. Isso sim é função das armas, defender a propriedade privada, se invadir tem que ter a chance de se defender.está correto o uso das armas neste caso.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta