Apoiam este projeto:

quinta-feira, 29 de março de 2018

Balança a casa de Temer com mais meia-dúzia de amigos presos

A Polícia Federal (PF) prendeu o advogado José Yunes (foto -  à esquerda) amigo e ex-assessor do presidente Temer. A decisão foi autorizada pelo Supremo. Yunes foi citado na delação do doleiro Lúcio Funaro e prestou depoimento no inquérito que apura as propinas para o setor de portos.

Outros presos
A Operação Skala também prendeu Celso Grecco, dono da empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos, e o ex-ministro da Agricultura, Wagner Rossi (PMDB) e Milton Ortolán, ex-assessor de Rossi.

Se foi o coronel Lima
Ainda foi detido outro amigo de Temer. O coronel João Baptista Lima Filho. A Polícia também apreendeu documentos em que Lima aparece pagando despesas da família do presidente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta