Apoiam este projeto:

segunda-feira, 19 de março de 2018

Mentira, mentira mentira!

Mais uma vez as redes pregam 
a maldade e assassinam a notícia
Casada com traficante? Eleita pelo tráfico? As mentiras sobre Marielle nas redes sociais. “Isso é um duplo homicídio. Estão matando a Marielle pela segunda vez”, disse um familiar da vítima.

Desde a morte de Marielle Franco (PESOL), muitas informações falsas circulam nas redes. O ápice ocorreu após postagens da desembargadora do Tribunal de Justiça (TJ) do Rio, Marília Castro Neves, e do deputado Alberto Fraga (DEM-DF). Os dois excluíram os textos posteriormente. (Rádio Gaúcha).

O comentário de Marília (criticando a “politização” da execução e acusando Marielle de estar “engajada com bandidos” e de ter sido “eleita pelo Comando Vermelho”)  foi o que alcançou maior repercussão, sendo compartilhada por milhares.

Depois, questionada pela Folha de S.Paulo sobre as afirmações que havia feito, disse que se baseou em relatos da internet. Afirmou não conhecer Marielle e que as informações postadas tinham como origem o “que leu no texto de uma amiga”.

2 comentários:

  1. PRA QUEM ACHA QUE VIOLENCIA CONTRA O POVO E A SOLUÇAO ,E SO O COMEÇO ,VIOLENCIA GERA VIOLENCIA.E AS MENTIRAS ESTAO CADA VEZ MAIS MAS O POVO NAO E BOBO NAO .

    ResponderExcluir
  2. Se uma desembargadora vai atrás de fofocas, o que esperar da justiça brasileira?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta