Apoiam este projeto:

sábado, 14 de abril de 2018

Amor e compaixão: sentimentos esquecidos pelo humano

ARTIGO DO DIA
(J.Lemes) Não iria mais falar em Marielle, porém, hoje vi na revista Época o batalhão denunciado por ela, cujos PMs mataram vários inocentes, a começar por dois  rapazes em uma moto; depois, mataram uma criança e, por último, os PMs haviam disparado 100 tiros contra um carro cheio de jovens que voltavam de uma festa.

Pois bem. É incrível que depois disso ela tenha sido morta. Mais incrível foi a vontade de muitos de que esse crime não tivesse importância porque Marielle era de um partido "ordinário", que defende bandidos etc. Sei que essas pessoas agiram assim não pela razão, mas pela emoção, elemento biológico que nos rege na maior parte do tempo.

Quando digo emoção, falo em ódio, rancor, ressentimento, vingança... Mas não teríamos outra emoção para "julgar" Marielle? Sim, poderíamos nos valer da sede de justiça, da compaixão e do amor - como diria o pensador Humberto Maturana - sentimentos estes esquecidos pelo humano.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta