Apoiam este projeto:

quinta-feira, 26 de abril de 2018

Giro crítico e noticioso

O dia começa quente lá pelos lados de Guaíba. O Ministério Público faz devassa na Câmara e Prefeitura. Vereadores, secretários e até a comissão inteira de licitação está envolvida.

Os rolos começaram em 2014 e diz respeito a coisas absurdas e envolvem o cipoense, o já famoso Dr Renan (foto).

Entre os supostos crimes estão: furo em fila do SUS, empresa de fachada, lavagem de dinheiro, falso diploma de pediatria, fraude em licitação.
O rombo pode chegar a 5 milhões. (detalhes, no Expresso desta semana)

Esse rapaz realmente se perdeu. Ele se elegeu posando de médico ao lado dos eleitores e iludiu muitos dizendo que faria de tudo pela saúde. Deu no que deu. Uma pena...

E, como sempre, foi pra redes sociais dizer que a imprensa não sabe o que faz, que ele é correto etc. Filme muito velho.

Ah, se não fosse a imprensa, quantos casos ficariam sob o tapete?

Aqui na região tem uma discussão entre o deputado Bianchini, Polícia Civil e até a Promotoria de Jaguari quanto ao caso das apreensões de produtos colonias em Jaguari.

O deputado diz que a família formou os filhos produzindo salames e queijos para a sobrevivência e tudo era bem produzido, com os cuidados de higiene necessários. O deputado diz que é contra tal atitude. 

Essa matéria também vai sair no Expresso, que vem cheio de novidades e muitas bombas!

Foto para gregos e troianos
Mas da capital também chegam notícias boas. Esse da foto à esquerda é o conhecido santiaguense Itacir Flores, hoje chefe da Junta Comercial do Estado. Ao seu lado, Romildo Bolzan Júnior, presidente do Grêmio. Para não desagradar ninguém, o outro (de gravata vermelha) é Marcelo Feijó de Medeiros, presidente do Inter. E agora, alguém sabe dizer de que time é o Itacir?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta