Apoiam este projeto:

quinta-feira, 5 de abril de 2018

MEC quer explicações sobre denúncias no IFFar de São Vicente


Funcionária e alunos relataram atos de violência e intimidação na passagem da caravana de Lula.
O Ministério da Educação (MEC) encaminhou pedido de explicações à reitora do Instituto Federal Farroupilha (IFFar), Carla Comerlato Jardim sobre atos de violência e intimidação que teriam ocorrido no campus por apoiadores do ex-presidente. O pedido cumpre a lei que rege os institutos federais e pode gerar um procedimento interno de investigação, levando a uma eventual responsabilização administrativa dos envolvidos. O autor do pedido de investigação é o deputado Jerônimo Goergen (à direita na foto).

Segundo relato da assistente administrativa Cândida Maria Maciel dos Santos, seguranças particulares da comitiva petista entraram armados no ato político. A servidora do IFFar confirmou que alunos ficaram feridos na confusão e que armas foram apontadas para os estudantes.

A servidora ainda relata que a entrada do IFFar São Vicente do Sul passou a ser controlada pela militância do PT, com a distribuição de adesivos do partido. Quem não tinha identificação partidária, foi impedido de ingressar. “No momento em que o ex-presidente adentrou à escola, deixamos de ser uma instituição de ensino pública e passamos a ser um reduto do PT”, denunciou Cândida dos Santos.

Além do IFFar de São Vicente do Sul, outras universidades públicas foram utilizadas como palco político na conturbada passagem de Lula, diz o deputado.
(Apolos Neto - assessor do deputado Jerônimo Goergen – Progressistas/RS)

Um comentário:

  1. Sim, todos esses fatos são verdades.
    Meu irmão mora na casa do estudante (Moradia estudantil), e foi impedido de entrar no local, só entrava quem tinha o adesivo do PT no peito.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta