Apoiam este projeto:

segunda-feira, 23 de abril de 2018

O fim de semana pela região

O fim de semana foi de chuva, calor e acidentes. Só na região foram três mortes no trânsito. A segunda começa emburrada e com pancadas de chuva.

Que tiro foi esse?
Capão do Cipó - Ainda na quinta, 19, o sindicalista cipoense Giovani Diedrich (43 anos) sofreu um atentado a bala. Levou um tiro no pé e uma coronhada na cabeça. Ele foi socorrido e trazido para o Hospital de Santiago, mas já deu alta. A família diz que ele está se recuperando em casa e não pode receber visitas.
(Foto: Jornalista Júlio Prates) 

Obs. A polícia ainda não sabe quem cometeu o atentado. Sabe-se, porém, que alguém esteve no hospital dizendo ser da Polícia Federal, e que teria ido dar segurança ao ferido, só que não esquentou banco. 

Notícia boa
Nesta terça, Santiago inaugura a Delegacia de combate aos crimes rurais. O ato solene será às 14h no antigo fórum. Eis uma grande notícia para toda a região.

Namorado ladrão
O ladrão que levou o carro da empresa O Boticário era namorado da funcionária. Ela estava em Mata. Deixou o carro com a chave e foi fazer uma entrega. Na volta, nem rastro do veículo, que dirá do namorado. Nesse caso, a decepção deve ter sido dupla. Menos mal que pegaram o sujeito.
(veja na reportagem abaixo)   

Pior inverno? Da onde?
Pregaram uma baita mentira pelas redes de que esse inverno será o mais rigoroso dos últimos 100 anos. Não existe essa previsão. O que se sabe e que o nosso inverno será mais quente que o de 2017. Lembrando que no ano passado o inverno já foi fraco. Frio, mesmo, fez só em alguns dias.

Lei, dura lei
Agora, quem for afastado da companheira por medidas protetivas e voltar a molestar a vítima, será preso em flagrante e ficará de 6 meses a dois anos preso sem direito à fiança durante o inquérito. Em Santiago alguns já foram presos neste final de semana por violar essas medidas.

A cada duas horas uma mulher é morta pelo companheiro no Brasil enquanto outras são espancadas ou ameaçadas. Mas agora a Lei Maria da Penha ficou mais dura: 

O ex-careca quer abrir o bico
Lembram do carequinha? Aquele operador do mensalão, esquema que foi o começo da ruína do PT e de tantos outros partidos? Pois é, o seu Marcos Valério, preso há mais de três anos, está disposto a fazer delação. Ele era operava o Mensalão para o PT e PSDB. Que será que ele diria?
Obs. Quando ele foi preso ainda não havia a lei da delação premiada.

Ainda a Marielle
Já se passaram  vários meses da morte da vereadora Marielle (Rio) e até  agora ainda tem gente acusando a mulher disso e daquilo tentando evitar que sua morte repercuta até fora do país. Tentam mostrar que a vida dela vale menos que a vida de outro humano qualquer. Pode? Pode. O ser humano é um bicho muito podre por dentro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta