Apoiam este projeto:

sexta-feira, 13 de abril de 2018

Três presos fugiram do presídio de Santiago

A polícia está às catas de Pedro Alves dos Santos, Carlos Marcondes Ramos Camargo (Gucho) e Dionatan Taisso Oliveira da Silva Barbosa. Eles fugiram do presídio na madrugada desta sexta, 13, após serrarem as grades da cela. O trio subiu no telhado e pulou pra rua. Os agentes só perceberam por volta das 8h quando foram fazer a conferência rotineira. Eles estavam cumprindo pena por tráfico (Pedro e Carlos) e homicídio (Dionatan).

Um comentário:

  1. Isto é mais uma evidência de que esse dito Governo do caloteiro Sartori é um desastre. A Constituição dava a essa polícia de quarteirão apenas duas atribuições que eram: policiamento de quarteirão ou preventivo/ostensivo com esses guardas envergando seus uniformes e os veículos coloridos para assim inibirem a ação de criminosos e a outra era a GUARDA EXTERNA DE PRESÍDIOS. Eles apertaram esse gringo inútil que mandou à AL projeto tirando deles a GUARDA EXTERNA DE PRESÍDIOS. Como eles tem um desses guardas como deputado estadual conseguiram tal mudança e agora que o povo que acredita nessa vigarice que são as ditas igrejas que compre velas e reze, pois a qualquer momento e em qualquer cidade desse Estado algum caminhão poderá ser usado para derrubar muro de presídio. O resto nem preciso dizer, não é mesmo?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta