Apoiam este projeto:

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Um sonho de liberdade

ARTIGO DO DIA
(J.Lemes) - Raros são os petistas que admitem alguma coisa que alguém tenha feito de errado. Aliás, nem Aécio, nem ninguém admite. Todos são inocentes. A própria presidente petista Gleisi Hoffmann disse que o PT não iria admitir nada. Agora, o ex-poderoso Zé Dirceu admite algum erro, assim como o ex-operador do Mensalão, o carequinha Marcos Valério e o guasca Olívio Dutra.

Tais afirmativas me lembram de um livro e um filme. Em “Sonho de Liberdade”, quando o personagem de Tim Robbins chega na cadeia, acusado de ter matado a esposa, ele diz ao personagem de Morgan Freeman:
 - Fui acusado de matar a esposa, mas sou inocente.
Freeman responde:
 - Não se preocupe. Aqui todos são inocentes.

Já no livro Estação Carandiru, de Dráuzio Varella, há uma passagem dizendo que ninguém mais perguntava a um novo preso “por que ele havia sido condenado”, pois ele sempre alegava inocência. Então, os agentes mudaram a frase para:
 - O que “dizem” que você fez?
Como vimos, o “sonho de liberdade” faz todos mentirem e alegar falta de provas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta