Apoiam este projeto:

quarta-feira, 23 de maio de 2018

A Agência Nacional de Petróleo alerta para seus direitos na hora de abastecer

O posto deve informar claramente de onde vêm seus produtos. Os que não têm distribuidora exclusiva (bandeira branca) têm que informar em cada bomba abastecedora qual foi a distribuidora que forneceu o combustível.

Se você desconfiar de diferença entre a quantidade de combustível que você pagou e a que realmente foi posta no seu tanque, peça ao posto para testar a bomba na sua frente. 

No teste, o posto deve utilizar medida-padrão de 20 litros certificada pelo Inmetro. A diferença máxima permitida é de 100ml para mais ou para menos.

Se suspeitar da qualidade, peça que façam o “teste da proveta”, que mede a porcentagem de etanol na gasolina.

Denuncie
Se você suspeitar, informe o ocorrido à ANP, pela internet ou pelo telefone 0800-970-0267. Para registrar sua queixa, a ANP precisa do maior número de informações possível sobre o posto – como CNPJ, razão social, endereço e distribuidora. Para isso, é importante ter a nota fiscal.

Procure o Procon de sua cidade ou ligue (51) 3287-6200, das 9h às 18h, fornecendo endereço do estabelecimento suspeito, município e o relato do que aconteceu. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta