Apoiam este projeto:

terça-feira, 15 de maio de 2018

“Basta de conscientização”, diz Tiago

Santiago - O prefeito Tiago anunciou uma reunião com o secretariado. A pauta: a infestação que está a cidade em relação ao mosquito da dengue. "Estamos montando aqui uma força de fiscalização porque é inaceitável que o desleixo de algumas pessoas possa comprometer a saúde pública. Esse desleixo vem através da sujeira nos pátios, casas que a fachada é muito bonita, mas o fundo do pátio é muito sujo, piscinas, vasos... Então é tolerância zero”.
(Na foto, se vê a área da antiga Viação Férrea crivada de mato e de garrafas jogadas) 

“Vamos capacitar os nossos fiscais para que todos eles saiam a rua para multar os proprietários das residências e terrenos que não cumprirem com o seu papel. Vamos multar, porque de conscientização estamos cheios", disse o prefeito na Rádio Santiago.

Obs. Esta vamos ter que esperar para ver, pois todos sabemos que multa gera antipatia ao poder público. 

5 comentários:

  1. LINHA DE TREM E O PIOR LOCAL ,AGUA SUJA LIXO MATO E MARGINAIS SE DROGANDO ,NINGUEM VE ISSO.

    ResponderExcluir
  2. As questões de descarte irregular na cidade de Santiago parecem não ter fim. Além dos locais habituais, que já recebem esse material, outros lugares passaram a receber todo tipo de objeto. A infração deve-se à falta de ação política por parte das autoridades e a falta de educação das pessoas.Quase que sem controle é possível ver áreas públicas e particulares por todos os bairros servindo como depósito de lixo, entulho, móveis velhos, eletrodomésticos quebrados e até computadores e televisores jogados. A situação se agrava em meio ao surto do Aedes aegypti, mosquito causador da dengue e outras doenças, como febre amarela, chikungunya e zika vírus, que se utiliza desses locais como deposito entre outros que contam com terrenos cheios de materiais inservíveis.
    A ausência de ação e fiscalização, somada à falta de educação de algumas pessoas que parecem não se importar com a agressão ao meio ambiente e aos casos de doenças provocadas pelo Aedes aegypti, são alguns dos motivos que permitem a proliferação do mosquito.

    ResponderExcluir
  3. é isso sr. prefeito? e quem vai multar e fiscalizar o órgão público onde metade do esgoto corre a céu aberto vejam a sanga que passa nos bairros centro, cacilda genro, céu aberto, lulu genro etc....

    ResponderExcluir
  4. A opção de multar apenas vai engordar mais o cofre do município. A questão é cultural, a "cidade educadora" está mostrando os mal educados, inclusive os que gerem o poder municipal que se preocupam mais com asfalto nas avenidas principais, penas nas entradas da cidade, canteiros de flores no centro, eventos de comilança na antiga estação férrea e deixam para segundo plano os bairros, a fiscalização, os esgotos à céu aberto, ruas sem calçamento, ...

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta