Apoiam este projeto:

domingo, 27 de maio de 2018

Cargas essenciais só chegam com escolta

O governo gaúcho anunciou um plano para liberar as rodovias e garantir o transporte de materiais essenciais. Os Batalhões de Operações Especiais e o Comando Rodoviário acompanharão cargas com medicamentos, insumos hospitalares, produtos para o tratamento de água, combustível para ambulâncias, viaturas e ônibus do transporte público e cargas de ração animal. Em caso de resistência de motoristas, os policiais poderão assumir a direção dos veículos.

O governo pediu "compreensão" dos manifestantes. Porém, em caso de resistência, o comandante-geral da BM, coronel Mário Ikeda, admitiu o emprego de força. O vice-governador José Paulo Cairoli assumiu a coordenação das atividades.

No final da noite de sábado (26) a Polícia Rodoviária  Federal e Brigada (foto) escoltaram um caminhão com 17 mil litros de combustível desde uma distribuidora em Cruz Alta até São Borja. O produto deve ser utilizado para os serviços essenciais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta