Apoiam este projeto:

sexta-feira, 6 de julho de 2018

A Copa em prosa e verso

Hoje reproduzimos dois belos trabalhos dos nossos artistas. A charge é de Mauro Monge (de Jaguari) e os versos são do poeta Tadeu Martins, para o jornal Expresso desta sexta, 6.

Jogando o jogo jogado
Não há tombo que se queixe,
O tombo não é Danilo
Que o adversário deixe
A maré levar Marcelo
E Neymar está pra peixe.
          Todo o tombo é diferente
          Cada tombo não se imita,
          Tem tombo de regalito
          E tem tombo de bolita,
          Existe tombo "das deva"
          E tombo fazendo fita.
Tem o tombo caramujo
Se enrola tipo casulo,
Tem o tombo escancarado
Que o juiz aponta que é nulo,
Tem pulo antes do tombo
Tem tombo antes do pulo.
          E tombo quando é bem tombo
          Não dá bola pra boato,
          Que tombo jogado ao chão
          Deixa de ser tombo nato,
          NEYMAR, o Brasil te aplaude
          Teu tombo é o pulo do gato.
 
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta