Apoiam este projeto:

terça-feira, 31 de julho de 2018

Alunos impedidos de fazer a matrícula na Escola Isaías

Santiago - Ao iniciar o semestre letivo no Instituto Professor Isaías, vários alunos foram surpreendidos ao tentar realizar a matrícula nos cursos Técnico em Contabilidade e Técnico em Informática devido a uma ordem da SUEPRO (Superintendência da Educação Profissional), pois as inscrições deveriam ter sido realizadas on line entre 11 a 17 de junho, para posterior efetivação da matrícula, conforme edital publicado, que previa até 50 vagas por turma.

O que está sendo contestado pelos alunos e Conselho Escolar é que, mesmo havendo vagas e uma grande procura, não será aberta Chamada Pública, nem outra possibilidade legal, já que o edital não previa tais procedimentos.

A problemática se estabelece entre a oferta e a procura por vagas devido à matrícula para o Ensino Técnico ser, há anos, realizada de forma presencial dentro do educandário, via secretaria do Instituto. Uma prática é considerada normal em outras instituições públicas que ofertam ensino técnico.

A Direção, o Conselho Escolar e o Círculo de Pais e Mestres do Instituto Isaías estão empenhados para resolver o impasse com o Governo pois, de acordo com a Constituição, a educação é direito de todos e dever do Estado e da família.

Um comentário:

  1. Diz o artigo 205 da Constituição Federal de 1988: " A educação, direito de todos e dever do Estado e da família, será promovida e incentivada com a colaboração da sociedade, visando ao pleno desenvolvimento da pessoa, seu preparo para o exercício da cidadania e sua qualificação para o trabalho". Sendo assim comecemos por entender o alcance da educação como direito de todos. A educação é a prerrogativa que todas as pessoas possuem de exigir do Estado a prática educativa. Então não vamos aceitar de braços cruzados este desmonte da educação técnica por parte deste governo arbitrário.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta