Apoiam este projeto:

terça-feira, 3 de julho de 2018

RS - Governo não acha saída para a crise

Outra derrota na Assembleia
A oposição (PT, PC do B, PDT e PSOL) barrou projeto de antecipação de créditos de ICMS. A ideia do governo era usar esses créditos para injetar 270 milhões nos cofres do Estado. A medida tentava reduzir o problema financeiro do Estado, agravado pela greve dos caminhoneiros. Isso ajudaria também a quitar os salários do funcionalismo

A resposta da oposição
A líder do PT, deputada Stela Farias, diz que o governo quer recolher impostos que seriam pagos no futuro, com um percentual de deságio. Os créditos valem 406 milhões, mas estão sendo ofertado por 270 milhões. A distância é muito grande. “É uma medida que interessa a diversos empresários, por recolher menos taxas, mas diminuiria a arrecadação posterior do Estado”, diz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta