Apoiam este projeto:

segunda-feira, 23 de julho de 2018

Mais cães morrem envenenados em Santiago

A santiaguense Tainá Krob Tavares denuncia o envenenamento de cães e sai em socorro dos animais. Vejam o que ela escreveu: “Não só hoje, como todo dia acontece. Há pessoas ruins, dando veneno aos pobres animais indefesos. Hoje morreu o Pulguinha envenenado, cachorro de meu vizinho Santiago Santos e da minha amiga Thays Burgin. Já e meu cachorro “Janjão” está agonizando. Já recebeu medicamentos, mas não sabemos se vai sobreviver. Por favor, cuidem de seus bichinhos!” Tainá mora na Duque de Caxias, centro.

4 comentários:

  1. E a ignorância, onde fica??? Tenho um cachorro de bom porte, PRESO no meu pátio, por grades, com uma placa de aviso sobre o animal e o perigo de mordida; mas as pessoas (de adolescentes a adultos, senão crianças desorientadas) INSISTEM EM PROVOCAR o animal, e também acham que portão e grade serve como escora ou lugar de passar as mãos. Aos que xingam o cachorro, por favor, entendam que ele não entende nomes feios, tampouco a irritação de vocês: ele apenas reage porque, mesmo com a segurança e o aviso IDIOTAS E RECALCADOS são piores que o cachorro. E essas pessoas cultivam o ódio sobre o animal a ponto de atirarem veneno no pátio da gente para se vingar nem se sabe do quê! O problema é que a gente não pode reagir se pegar um flagrante, porque mães, adolescentes revoltados, crianças mal-educadas, jovens sem limites e adultos com problemas sérios VIRAM CACHORRO CONTRA A GENTE, e se chamar a Polícia, a alegação é que ou "já vem" (e nunca aparecem!) ou que é "difícil atender uma ocorrência dessas", mas quando provocam o cachorro e ele consegue morder, TODOS VEM CORRENDO CONTRA TI! Quem precisa de educação são os pedestres nas calçadas e das crianças, cujas mães não têm noção da sua responsabilidade com seus filhos soltos pelas calçadas, como se os outros não tivessem direitos e que acidentes são suscetíveis de acontecerem.

    ResponderExcluir
  2. Tainá, sou solidário com a raiva e a tristeza que sente! Gente malvada, com problemas que não resolvem em casa e saem nas calçadas e ruas descontando nos animais e nas pessoas sua ignorância e impotência. Nossos animais, desde uma caturrita até um cachorro são nossos companheiros e infelizmente eles têm uma sensibilidade muito apurada que até o caráter de certos indivíduos eles detectam e não escondem isso. O resultado é que essas pessoas passam a odiar os animais e ficam patinando, se atolando cada vez mais nos seus sentimentos ruins! E para nós, infelizmente, quem paga-o-pato somos nós que cuidados e mantemos nossos amigos animais. Ele vai se recuperar, o meu, que sofreu tentativa de envenenamento já está bom na medida do possível: ficará com uma ulceração no estômago e no esôfago para o resto da vida.

    ResponderExcluir
  3. A polícia devia intervir de forma exemplar! Afinal, até nossos cachorros ajudam de alguma forma contra os ladrões! O problema é que são cachorros dos outros, se fosse com um dos seus não descansariam até encontrar ou montar um esquema para pegar esses assassinos!!!!!!!

    ResponderExcluir
  4. E aí D. Eva Muller, não está na hora de parar de reclamar e pedir e sair com algum projeto para pegar e punir violentamente esses assassinos de cahorros?!

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta