Apoiam este projeto:

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Prefeito metido a namorador foi afastado

Não-Me-Toque – A justiça determinou o afastamento imediato do prefeito Armando Carlos Ross (PP). Ele foi denunciado pelo Ministério Público por assédio sexual contra três ex-servidoras.

Na decisão, o juiz Mario Cesar Monteiro alega que o afastamento é necessário para evitar que novos casos de assédio ocorram, e que o prefeito exerça o poder de influência sobre os servidores públicos. A determinação também proíbe Ross de assumir qualquer função pública até o fim do processo.

Ele tornou-se alvo de uma investigação após de um vídeo gravado por uma servidora no qual o prefeito conversa com a mulher sobre o cargo que ela ocuparia na prefeitura e a convidando para ir a seu apartamento (vídeo abaixo publicado pelo Correio do Povo).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta