Apoiam este projeto:

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Vereadores aprovam o turno único na Prefeitura

Santiago – Em sessão extraordinária na tarde desta segunda (16) foi aprovada a implantação do turno único na Prefeitura (das 8h às 14h). Os vereadores que votaram contra foram Eva Müller (MDB), Clairton Pivoto (PSDB), Rafael Nemitz (PSD) e Nelson Abreu (PDT), mas foram vencidos pela bancada progressista que é a maioria. Votaram sim os vereadores Davi Vernier, Peru Gorski, Pelé, Tadeu Machado, Joel Oliveira, Batista Manzoni, Dionathan Farias e Gildo Fortes. A Administração diz que o horário diferenciado gera economia com água, luz, telefone, combustível e material de expediente.

Já a comissão liderada pelo vereador Rafael Nemitz defende que não é contra o turno único, mas que seja implantado de acordo com o horário de verão, o que geraria mais economia, principalmente com ar-condicionado. Também reclama da Prefeitura não ter enviado à Câmara uma justificativa com dados de economia e informado quais os serviços considerados essenciais que não sofrerão alteração no horário.

6 comentários:

  1. Para que seja implementado o turno único se faz necessário a comprovação desta dita economia da prefeitura. Sendo que os funcionários trabalham menos do que o horário contratado gerando despesas por duas horas bonificadas em que se encontram parados mas que continuam sendo pagas pelo contribuinte, ou seja, não trabalham mas recebem. Desta maneira, é contraditório toda essa economia com as mais recentes pesquisas do governo a cerca da economia do horário de verão. É importante destacar que o horário poderia ser das 10hrs/12hrs e das 14hrs/18hrs caso fosse realmente necessário o turno de 6hrs por dia.

    ResponderExcluir
  2. SO UMA CURIOSIDADE O SALARIO VAI SER A METADE TAMBEM

    ResponderExcluir
  3. Na hora de irem na audiência pública não apareceu ninguém, somente os funcionários, agora falam e falam...Sempre foi assim, pq agora não pode? O problema que todo mundo acha que os funcionários da prefeitura não trabalham. experimenta parar a prefeitura 1 semana pra ver a choradeira.

    ResponderExcluir
  4. Gente. Busquem informações antes de falar bobagem. A constituicao determina a legalidade de tanto turno duplo de 8h, quanto único de 6h, sem intervalo, sem prejuizos de salários. E lei, direito sagrado do trabalhador. Respeitem o funcionalismo que vive para servir.

    ResponderExcluir
  5. Uma vergonha isso tudo

    ResponderExcluir
  6. Não deve haver muito serviço, se em turno único se resolve tudo, logo a quantia de funcionários deve estar sendo excessiva.Já que vão diminuir o trabalho, diminuam também os apadrinhados, comissionados, companheiros de partido... a economia vai ser maior ainda.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta