Apoiam este projeto:

terça-feira, 11 de setembro de 2018

Pesquisa: Bolsonaro sobe para 26%

O G1 acaba de divulgar os números da nova pesquisa presidencial do Ibope, feita após o atentado contra Jair Bolsonaro. Nela, ele aparece com 26% das intenções de voto. Bem atrás vêm Ciro Gomes (11%), Marina Silva e Geraldo Alckmin (ambos com 9%). Fernando Haddad tem 8%. Alvaro Dias, João Amoêdo e Henrique Meirelles aparecem todos com 3%.

Obs. Na pesquisa divulgada ontem pelo Datafolha, Bolsonaro tinha 24% e Ciro 13.

Impacto da rejeição
Nesta semana a grande imprensa publicou que o marqueteiro de Michael Bloomberg defende que Jair Bolsonaro, mesmo no leito hospitalar, abandone o discurso agressivo e escreva uma carta à nação deixando claro que apoia a democracia e que não levará ao Planalto uma agenda racista e homofóbica. Bolsonaro Lidera as intenções de voto, mas também lidera em rejeição.

Em tempo - Uma das fotos em que Bolsonaro aparece (sem mostrar o rosto) com uma cicatriz de cirurgia de alto abaixo não é verdadeira.

Estado de saúde

Ele recebeu alta da UTI e foi transferido para uma unidade de cuidados semi-intensivos, diz o boletim do hospital Albert Einstein. Os médicos informaram ainda que foi retirada a sonda e ele voltou a se alimentar por via oral. Não há sinais de infecção, mas eles seguem com as medidas de prevenção de trombose venosa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta