Apoiam este projeto:

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

As propostas dos cinco candidatos do Vale do Jaguari

O Diretório Acadêmico de Estudantes da URI/Santiago e o jornal Expresso promoveram, na noite de quarta (3), um painel de debates com os candidatos a deputado estadual que moram ou nasceram em cidades do Vale do Jaguari. Foram convidados o tenente coronel Giovani Pasini (Patriota), Márcio Bitencourt (PDT), Bombeiro Bianchini (PR), Horácio Brasil (Podemos) e Júlio Ruivo (PP). O debate foi mediado por Lúcio Antunes (Cacism - Santa Maria), com participação dos jornalistas João Lemes e Sandra Siqueira (Expresso).


Principais momentos

Investimentos necessários
Horácio Brasil questionou Ruivo sobre o que se poderia fazer para que a região crescesse em infraestrutura e logística. O santiaguense comentou que não adianta sonhar com isso. Que há uma série de entraves a se resolver. Um deles são as obras demoradas em Santa Maria, que respinga em toda a região. Depois disso, há carência em energia, estradas e até a internet é ruim por aqui. “Tudo isso precisa melhorar”, diz Ruivo

Luz do sol
O assisense Horácio Brasil acredita que a energia solar precisa ser melhor utilizada pela região. Como deputado, pretende incentivar os municípios e ressaltou que o Governo Federal vai liberar financiamentos para instalação de painéis fotovoltaicos. Diz que os municípios precisam investir nisso.

Ruivo x Bianchini
O momento mais esperado foi o embate entre Ruivo e Bianchini. E ele veio no finalzinho. Ruivo lembrou que Bianchini apoia Sartori e votou favorável ao projeto de recuperação fiscal do Governo. Quis saber se, como aliado, seguiria votando pelo Governo ou pensaria no funcionalismo. O D’Ferro disse que é independente, não faz parte do governo e que vota com responsabilidade e consciência.

Estreante na política
O trabalhista Márcio Bittencourt ressaltou que é um estreante na política. E que, assim como Pasini, não tem carreira eletiva, a exemplo de Bianchini e Ruivo. Enalteceu muitos feitos de seu partido, o PDT, que contribuiu com projetos na área da educação. E que pretende focar nisso.

Sem dinheiro
O coronel Giovani Pasini diz que está fazendo a campanha no peito, na raça e com o apoio de amigos. Afirma que não aceitou doação do partido e que está gastando do próprio bolso. Diz que defende projetos na área da educação. Um deles é de criar colégios militares na região.

Pela diversidade
Horácio Brasil disse que quer ser um deputado que incentive os investimentos em tecnologia, que a região se desenvolva em áreas de desenvolvimento. Mas defende também a dignidade humana, sem preconceito e que se respeite as diversidades. Diz que tem deputados (de fora) que não representam a região de verdade.

Chicão relembrado
Ao finalizar sua participação no debate, Júlio Ruivo ressaltou que a região precisa ter deputados na Assembleia. Disse que não é candidato de si, mas que representa uma bandeira do municipalismo, que era a mesma defendida pelo amigo Chicão, falecido em 2011.

Mais aliados
O deputado Miguel Bianchini disse que sentiu na carne a falta de mais representatividade da região na Assembleia Legislativa. Que não é fácil a luta por melhorias e investimentos perante o Governo do Estado. E acredita que seria possível ter mais aliados nesta causa.

Dois ou mais?
Durante o debate, Horácio Brasil e Giovani Pasini avisaram que precisam de 15 a 20 mil votos, cada, pra se elegerem. Bianchini por aí e Júlio Ruivo, mais de 30 mil. Pelo número de eleitores em toda a região seria possível que dois ou mais se elegessem. A não ser pelos que vêm de fora e também levam votos.
O debate foi transmitido ao vivo pelo Canal Expresso.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta