Apoiam este projeto:

quinta-feira, 29 de novembro de 2018

Giro noticioso em Santiago e região


Ajoelhou, tem que rezar!
Santiago – O vereador Clairton (PSDB) não rezou pela cartilha de quem pediu o monumento à Bíblia. Ele acredita que um banheiro mais adequado e com acessibilidade seria mais aproveitável. A prioridade do governo municipal deveria ser o acesso de todos aos lugares públicos. Porém, antes que alguém atire a primeira pedra, Clairton frisou que sua crítica nada tem a ver com o simbolismo do monumento. E como diz o ditado, já que decidiram priorizar a Bíblia, agora aguentem as posições contrárias.

Panela no fogo, barriga vazia...
O vereador Rafael Nemitz (PSD) trouxe o estouro do feijão. Disse que recebeu uma denúncia sobre a forma como haviam servido o almoço no berçário de uma Emei. Imediatamente ele acionou a Secretaria de Educação, a qual enviou uma nutricionista e constatou que o feijão havia sido preparado e servido às crianças de forma incorreta. A cozinheira recebeu orientações da nutricionista e advertência por escrito.

Presidente do Corede com
a equipe do novo governo
 Heitor Leal, presidente do Corede Vale do Jaguari esteve em Porto Alegre com a equipe de transição do novo governo. “Sempre defendemos a valorização do desenvolvimento regional e uma aproximação com os Coredes. É um anseio de anos que será atendido pelo novo governo. Pensar o desenvolvimento por região.
Ontem defendemos essa proposta em Porto Alegre com a equipe de transição de Eduardo Leite; o desenvolvimento regional e o protagonismo dos Coredes como atores de políticas públicas voltadas às regiões”, disse Heitor Leal.
No dia 4, o Corede da região também terá uma roda de conversa com o deputado federal Marcelo Brum para ouvi-lo e também para que ouça as demandas e comece em Brasília um trabalho integrado com a região.

Um comentário:

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta