Apoiam este projeto:

segunda-feira, 7 de janeiro de 2019

Aos poucos, governo Bolsonaro vai abrindo as caixas-pretas

Ao dar posse aos dirigentes do Banco do Brasil,  BNDES e Caixa Federal, Bolsonaro disse que a caixa-preta de diversos órgãos começou a ser aberta e que muitos contratos foram desfeitos e serão expostos.

Segundo ele, com poucos dias, não só a caixa-preta do BNDES, mas também de outros órgãos está sendo levantada. Um dos contratos é com a Funai, de 44 milhões, e incluía a elaboração de mapeamento funcional, criação de banco de dados territoriais e implementação de criptomoeda para populações indígenas.

4 comentários:

  1. Acho incrível que um presidente despreparado ode fazer, os contratos de inconfidencialidade ele e você nem sabem para que serve, vai quebrando contratos e vai ter que pagar fortunas para a iniciativa privada por segredos industriais e insegurança jurídica.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vai carpir um pátio, jumento cego, contratos desnecessários que foram firmados pelo Partido dos Trambiqueiros para beneficiar a eles mesmos em troca de favores, devem ser quebrados até porque as sanções obviamente não chegam nem perto do valor dos contratos!!!
      Chora esquerda!!!

      Excluir
  2. Mas as mesmas pessoas que estavam no poder a dois anos vão denunciar eles mesmos, é brincadeira ná meu finhinho!! Kakakakak!!! (MDB tá lá)

    ResponderExcluir
  3. Pois é se não se sabe para que serve, para que ter? Ou sera q e para alimentar a corrupção que muitos não querem ver?

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta