Apoiam este projeto:

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Giro crítico e noticioso

Esta foi de placa
A troca pelas Placas do Mercosul está suspensa após Contran acatar decisão de tribunal. Liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª região havia pedido suspensão no último dia 11. O Contran disse que "aguarda possível mudança da decisão final".

Senado secreto
Enquanto isso, o voto fechado no Senado desrespeita a constituição que pede transparência total dos poderes em seu artigo 37. Tudo não passa de uma orquestra do senhor Renan Calheiros (MDB) que já vem tentando se alinhar com Bolsonaro, sem sucesso (tomara). Esse Renan é dono de estar sempre ao lado  de cada presidente, desde Sarney ele vem assim.

Sua real intenção são os 200 cargos a que o presidente do Senado tem direito. 

Senador Flávio não arrisca
O senador eleito Flávio Bolsonaro não compareceu ao Ministério Público nesta quinta (10), onde era esperado para esclarecer as movimentações do ex-assessor Fabrício Queiroz. Em vez disso, escreveu nota no Facebook na qual afirma que, por não ser investigado, não teve acesso aos autos e não teve ciência do "inteiro teor" do inquérito. 

Coisa séria
Mais uma do Onyx Lorenzoni veio a público. O atual chefe da Casa Civil do Bolsonaro teria usado mais de 80 notas fiscais de uma empresa de consultoria de um amigo para receber 300 mil em verbas de gabinete. O ex-deputado teria sido o único cliente da empresa, o que é suspeito.

Holofotes suspeitos
Em pouco tempo no holofote do poder, Onyx coleciona desencontros com outros membros da equipe de Bolsonaro e problemas com a Justiça. Antes de assumir, foi revelado envolvimento com caixa 2. Mas Moro disse que Onyx pediu desculpa. Beleza!

Marcelo Brum festeja
O ministro Fux arquivou inquérito que investigava Onyx Lorenzoni por caixa dois. O deputado gaúcho é um dos principais apoiadores de Jair Bolsonaro no Congresso e dono da vaga do santiaguense Marcelo Brum.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta