Apoiam este projeto:

terça-feira, 8 de janeiro de 2019

Governador entra querendo enxugar

Um estudo do governo Eduardo Leite prevê redução das coordenadorias regionais de Educação (CREs) de 30 para 12. É uma medida racional, pois com a digitalização, diminui a necessidade de atendimento presencial. Essas 30 coordenadorias empregam mil e 600 pessoas, das quais, mil e 300 são professores que poderiam estar em sala de aula.

Obs. E dizer que em Santiago havia uma também, cujos vereadores há tempos viajavam à capital pedindo que os governos a reativassem para que Santiago não fosse a cidade do TINHA.

Santiaguense na Casa Civil
O advogado santiaguense Bruno Pinto de Freitas assume como diretor adjunto da Casa Civil do RS, governo Eduardo Leite. Ele já atuou como assessor jurídico da Casa Civil entre 2006 e 2008, e 2015. “Competência ele tem”, disse o santiaguense e muito seu amigo Marco Peixoto, conselheiro do Tribunal de Contas, órgão onde Bruno atuava ultimamente como assessor. 

Um comentário:

  1. É isso mesmo, precisamos é de professores e não de TETAS GORDAS para amamentar!!!

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta