Apoiam este projeto:

sábado, 19 de janeiro de 2019

Santiago: um dos janeiros mais chuvosos da história: já choveu 400mm no mês

Prefeito Tiago assina decreto de emergência
Só em janeiro, o acumulado de chuvas ficou em 400 mm. Os grandes volumes de água registrados nos dias 07 e 10 causaram uma série de estragos no interior, com prejuízos em cabeceiras de pontes e estradas. E na quinta, 17, foram 80mm na zona urbana, que causaram alagamentos em vários pontos.

Danos na zona rural
Conforme o prefeito Tiago, na zona rural os danos foram em mais de 1,2 mil quilômetros de estradas no interior e na cidade houve prejuízos a muitas famílias. "Ninguém precisou sair de casa, mas várias pessoas perderam móveis, eletrodomésticos e alimentos", lamentou. O município ainda está fazendo levantamento dos estragos, mas foram grandes. Várias famílias rurais relataram perdas na produção. Por isso, o prefeito assinou o Decreto de Emergência na tarde desta sexta.

Secretarias mobilizadas
Por ora, a Administração de Santiago está focada para resolver os problemas resultantes da chuvarada. A Secretaria de Obras está com todas as suas equipes a postos para solucionar problemas em bocas de lobo, iluminação; a SMEEC prestou apoio às escolas atingidas; a equipe da Agricultura atende o interior e o Desenvolvimento Social dá apoio às famílias mais atingidas.

"Demos atendimento a todas as famílias que tiveram casas alagadas em que houve a necessidade de auxílio, como de cestas básicas. E estamos recebendo doações de móveis e colchões para repassar aos que necessitam", observa a secretária Denise Cardoso.
Secretário Haroldo (Obras) envolvido para dar conta dos estragos. 

Um comentário:

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta