Apoiam este projeto:

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Bagé - morre o homem que estava com a perna tomada por larvas na Santa Casa

Uma fratura que poderia ter sido resolvida à base de cuidados corriqueiros, levou à morte o mototaxista Eduardo Corrêa Costa. O mototaxista não resistiu às complicações da perna necrosada por falta de cuidados na Santa Casa de Caridade. Eduardo havia fraturado a perna em um acidente e teve que fazer cirurgia para amputá-la, pois ficou necrosada após duas cirurgias e falta de troca de curativos e higienização no hospital. (Site Caderno7 - Reportagem: Marcelo Ribeiro, via site Bagé 24h).

Reveja o fato

Bagé: perna de paciente apodrece e cria larvas em plena Santa Casa

Um mototaxista que sofreu fratura numa perna, foi internado na Santa Casa. Depois de dias sem trocar o curativo, viu sua perna apodrecida e com larvas.

Eduardo Corrêa Costa, 53 anos, foi internado e passou por duas cirurgias, 22 e 25 de janeiro. Ele não teve acompanhamento médico e nem troca do curativo desde então, segundo familiares.

Ao trocarem o curativo, um choque: o paciente estava com a perna deteriorada e com larvas.

Eles ainda questionaram “por que a troca não tinha sido feita”, disseram que esta deveria ser feita somente pelo médico.


2 comentários:

  1. me desculpa mas isso foi falta de cuidado do proprio hospital

    ResponderExcluir
  2. Isso foi um descaso GERAL e, envolve a atenção familiar também que poderia ser um pouco mais esperta e de iniciativa ao invés de somente cobrar e se acomodar. O resultado? vida humana ceifada pela ignorância e relaxamento...

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta