Apoiam este projeto:

segunda-feira, 25 de março de 2019

Giro crítico e noticioso

E dê-lhe soja!
(por João Lemes) 
A colheita está a todo vapor, principalmente em Capão do Cipó, uma das regiões mais produtoras do Estado. Essas fotos foram na propriedade de Edimar Ceolin, a Agropecuária Santo Antônio. Conversei com um dos envolvidos na colheita, o caminhoneiro Diego Resmini. "A safra está sendo boa em rentabilidade e qualidade", disse.

Enquanto isso, estrada que é bom...

Bolsonaro e as ditaduras
Chile - Apesar de compartilhar ideias com Bolsonaro, o presidente chileno Sebastián Piñera reiterou que discorda de suas opiniões sobre ditadores como Pinochet e Stroessner. Piñera condena a ditadura pinochetista (1973-1990). Bolsonaro, que já fez elogios ao coronel Ustra, líder das torturas na ditadura brasileira, tem ressaltado o general Stroessner, ditador paraguaio e pedófilo.

Mourão festejado
Porto Alegre - Mourão participou do aniversário de 107 anos do Colégio Militar, onde estudou. A vereadora Mônica Leal e o senador Heinze (PP) estavam por lá. "Um dos mais importantes colégios da capital completa 107 anos. Na primeira foto estou acompanhada do vice Mourão, ex-aluno do Colégio Militar", disse Mônica.

Os filhos do presidente
Eram alguns, hoje são milhares que pedem ao presidente que puxe as orelhas "dos garotos". A briga com o deputado Rodrigo Maia (presidente da Câmara) começou com mais uma publicação do vereador Carlos Bolsonaro.

De quebra, o presidente poderia dar um chega pra lá no tal de Olavo. No meu tempo de escola a gente nem podia dizer esse nome que de pronto era empulhado. Agora o Olavo anda empulhando o nosso presidente.  

Língua solta nos EUA
Lá pelos EUA, um chanceler brasileiro ficou "mordido" com as declarações e ações de deputado Eduardo Bolsonaro.  E sobre a briga com Maia e o presidente Bolsonaro, o vice Mourão diz que é "briga de rua".

Este Mourão não é de se laçar com sovéu curto. 
E Maia diz que Bolsonaro precisa de mais tempo para a Previdência e menos para o Twitter. 

Ex-presidentes presos (e nós pagando o pato)
O Brasil gasta 50 mil por mês com o ex-presidente Lula, mesmo ele estando preso. É que, pela lei, o governo deve manter motorista e seguranças dos ex-presidentes. É fato também que ao ser feita a lei, ninguém pensou na possibilidade do cara ser preso. Aliás, os caras. Com Temer o caso é o mesmo.

As redes não são a voz de Deus
Dizem que a voz do povo é de Deus. Mentira! Muitos brasileiros atacaram a reputação do neto de Lula e agora atacam o Michelzinho Temer, filho do ex-presidente de nove anos, como se a criança fosse culpada por ter um pai criminoso. Realmente, a rede social é terra sem lei e sem moral.

João de Deus endiabrado
Quando ninguém mais acreditava que houvesse mais alguma vítima das garras do João de Deus, surge uma mulher que o acusa de tê-la estuprada e tentado matá-la a tiros, isso há 46 anos. Ela disse que foi jogada em um rio após sofrer hemorragia devido ao abuso sexual.

Viva o esporte! (e as balas ó...)
Caxias - Um homem foi baleado no rosto durante briga entre torcedores do Grêmio em Caxias. Três suspeitos foram presos em flagrante na saída do Alfredo Jaconi. Bruno Pisoni Garcia, 37 anos,  está em coma induzido. Garcia é conselheiro do Grêmio.

Carrapatos me mordam!
Porto Alegre - A UTI neonatal Hospital Materno Infantil Presidente Vargas foi interditada devido à infestação de carrapatos. Vídeos mostram os parasitas em leitos onde estavam cinco crianças. A direção disse ter tomado todas as providências e que o procedimento de desinsetização teve início. Essa UTI é referência no atendimento a gestantes de risco.

Furacão mata 
mais de 700
África - Em uma das piores catástrofes da África, o ciclone Idai já provocou 732 mortes em Moçambique, Zimbabué e Malawi. O furacão chegou no dia 15 de março e, desde então, o número de vítimas do fenômeno só aumenta. Em Moçambique, o ciclone atingiu um milhão de crianças.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta