Apoiam este projeto:

sábado, 24 de agosto de 2019

A foto que virou símbolo das queimadas

MATO GROSSO - A imagem de um bombeiro dando água a um tatu que havia fugido de um incêndio no Mato Grosso se transformou em um dos símbolos das queimadas na Amazônia. Até quarta-feira (21), o Brasil já havia registrado 74,1 mil focos de incêndio apenas neste ano; aumento de 84% em relação aos 40,1 mil focos de incêndios de 2018.

Mas os bastidores da foto, contam uma história diferente. O sargento Pedro Ribas Alves diz que a foto foi “politizada” e tirada de contexto. "Sou eleitor de Bolsonaro. Fiquei um pouco chateado porque a foto vem sendo usada para denegrir o presidente".

"Essa nunca foi minha intenção e não tirei essa foto para aparecer. A imagem foi tirada de contexto. Aquele incêndio não foi criminoso, não tinha nada a ver com desmatamento ilegal ou com a Amazônia. Aqui é cerrado", diz ele.
A foto foi tirada em Nova Mutum, a 230 km de Cuiabá.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta