Apoiam este projeto:

terça-feira, 13 de agosto de 2019

Polícia acaba com quadrilha que roubava defensivos agrícolas na região

Santiago/Jaguari - Na manhã desta terça (13), a Delegacia de Polícia Especializada na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato (DECRAB) deflagrou a Operação “ZURIQUE”, para desmantelar uma associação criminosa voltada à receptação e comércio de defensivos agrícolas roubados de propriedades rurais. Na ação de hoje, a Decrab cumpriu 11 ordens judiciais - 4 mandados de prisão preventiva e 7 mandados de busca e apreensão em Jaguari e Santiago.


A chefia é do delegado Guilherme Antunes, com apoio das delegacias de Polícia de Jaguari, São Vicente, Mata e Santiago. A operação Zurique teve início com investigações aos furtos de defensivos ocorridos em Santiago, Unistalda, Itaqui e Maçambará.

Os presos - Em Jaguari foi preso preventivamente J.A.C.S. (66 anos). Já em Santiago,  J.A.M.O. (49 anos), P.R.S.C. (48 anos) e A.C.K. (50 anos).

"Camionetada" de defensivos
Os policiais conseguiram apreender no interior de Jaguari, defensivos agrícolas que foram roubados em Itaqui. Em outra de suas ações, investigadores apreenderam uma camionete carregada de defensivos, no centro de Santiago, no momento em que o produto estava a caminho de ser entregue a um produtor rural.

Também foi apurado que os produtos de fabricação nacional eram vendidos pela quadrilha por valores bem abaixo dos de mercado. Após os interrogatórios, os acusados foram encaminhados ao presídio de Santiago. O inquérito policial referente será concluído nos próximos dez dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta