Apoiam este projeto:

terça-feira, 8 de outubro de 2019

Festival buenacho e com ressalvas de graça

(Por João Lemes)
O festival foi pra lá de buenacho. Vejam muitas fotos lindas aqui no site. O nível musical estava excelente. Esta “milonga de cortar os pulsos” ficaria melhor ainda se fosse em setembro.

Gostei de (quase) tudo 
Eu gostei do público, gostei dos shows, elogiei a organização e o empenho de todos, porém, sigo com uma dúvida cruel: por que só técnico (letrista, cantor ou músico) pode julgar, se quem compra o disco são os leigos?

Fogo amigo
Sugiro que na próxima repensem essa parte para evitar que amigo (ou adversário) fiquem se julgando o tempo todo. Penso que foi por isso que os festivais acabaram e aí corremos o risco de ficarmos mais 10 anos sem o nosso.

Sugestão para shows
Por último, sugiro que se diminua o número de shows em troca de um de maior volume e mais popular. Sei que neste ano não deu, entretanto, a sugestão de graça para a outra edição.

Um comentário:

  1. Também me pergunto a mesma coisa. Quem compra o disco ou pede música na rádio são os leigos, e o que torna uma música popular é a aceitação das massas. Acredito que deveria sim ter um juri técnico, mas mesclado com um juri de pessoas de outras áreas. Sem falar da impessoalidade nas decisões, pois esses jurados são os mesmos que concorrem em outros festivais. Isso pode gerar um toma lá da cá, influenciando na qualidade das composições.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta