Apoiam este projeto:

segunda-feira, 28 de outubro de 2019

Nova Pauta - Humor

Prisão em segunda instância 
será decidida por Dias Toffoli
A conversa que toma conta das rodas de amigos é a votação sobre a prisão em segunda instância, matéria que divide o Supremo Tribunal. O debate é se um réu condenado à prisão inicie seu cumprimento após decisão de segunda instância ou só após esgotarem-se todos os recursos. Hoje o entendimento é que se cumpra a pena de imediato após o julgamento em segunda instância. Caso isso mude, um dos beneficiados seria o ex-presidente Lula, que está preso há mais de um ano. Fala-se também que milhares de outros presos gozariam dessa decisão.   

Votação ainda vai gerar 
muito debate e ataques
O placar está em 4 a 3. Alexandre de Moraes, Edson Fachin, Luís Roberto Barroso e Luiz Fux foram favoráveis à prisão em segunda instância. Marco Aurélio Mello e Rosa Weber e Ricardo Lewandowski são contra. Faltam mais quatro votos, nos quais três devem ser contra, o que provocaria empate em 5 a 5. Esse empate levaria o presidente Dias Toffoli a proferir voto decisivo em julgamento que será retomado nos dias 6 ou 7 de novembro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta