Apoiam este projeto:

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Greve do magistério: Governo diz quer vai cortar o ponto

A Secretaria Estadual da Educação já está enviando ofícios às escolas estaduais informando sobre o corte de ponto dos grevistas. O documento é enviado às coordenadorias regionais, que repassam às diretorias das escolas. “Não dá para aceitar que a greve ocorra sem justificativa”, diz o governador.

Greve tem 60% de adesão 
Os professores estão paralisados desde o dia 18, em protesto contra a proposta do governo de mudança no plano de carreira do magistério e contra o projeto que aumenta as alíquotas de previdência. Conforme o Cpers, são 1.514 escolas paradas das 2,5 mil instituições. O que representa mais de 60% de adesão.

10% de aumento custa 
580 milhões por ano
“Se eu der 10% de reajuste no plano atual de carreira, custa para o Estado R$ 580 milhões por ano, sendo que, dos R$ 580 milhões, R$ 380 milhões vão para aposentados e R$ 200 milhões apenas são apropriados para os que estão em sala de aula. Ou seja, não se melhora a educação dando mais recursos nesse plano de carreira” argumentou Leite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta