Apoiam este projeto:

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

A customização da política e da religião

ARTIGO DO DIA

(J.Lemes) Quase tudo, desde a política às religiões, está destoado. Isso se embasa nas narrativas de Zygmunt Bauman e sua Modernidade Líquida. É a era do ter, parecer e não do ser. Cada dia temos que mostrar mais competência, força e poder ou alguém cruza na nossa frente e nos esmaga.

Hoje se vê a customização da política. Basta o candidato ter algo com o qual me identifique e está valendo. Já passo a amá-lo, mesmo sem saber de suas outras capacidades ou incapacidades. Também passamos a amar o candidato B só porque odiamos o candidato A. Nessa roldana, misturamos todos os que pensam diferente.

A religião também é adaptada conforme nosso EU. O que nos serve de uma mesma Bíblia, a gente destaca. O que não nos serve, nem olhamos. 

A fé é ostentada como um troféu em faixas, adesivos, em tatuagens. Há uma necessidade de dizermos que temos fé. Assim, ela vai ocupando todos os lugares, menos o coração de alguns.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta