Apoiam este projeto:

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Bolsonaro x Haddad, com Bonotto e Bueno (para quem não leu e não viu)

Antes da eleição, dois políticos de Santiago se encontraram no Canal Expresso para defender as ideias de Haddad (PT) e Bolsonaro (PSL). Antônio Bueno e Guilherme Bonotto são dois ex-colegas de Câmara. A matéria completa está no Canal Expresso/Youtube. 

Bueno (PT) - São 13 milhões de desempregados por culpa do Temer e de seus apoaidores, grupo a que Bolsonaro pertence. Nós fizemos muito: em Santiago há milhares de casas feitas pelos governos do PT e outros milhares puderam fazer curso superior.

Bonotto (PSD) - A esquerda é importante. Houve ganhos ao trabalhador. Infelizmente o país chegou ao caos. O PT não foi o único a roubar, mas que roubou, roubou. A esquerda falhou e Bolsonaro, um homem que preserva a família, surgiu dessa vontade de mudança.

Bueno (PT) - Bolsonaro tem 28 anos como parlamentar. Onde estava quando Maluf foi acusado de ser o maior corrupto do país? Quando FHC vendeu a Vale do Rio Doce por três bilhões e meio, quando valia muito mais? É vergonhoso falar de kit gay. Isso é desrespeitar os professores. E como um cara que casou três vezes vem falar em família?

Bonotto - O PT não fez mea-culpa e isso que fez o Bolsonaro crescer e levar eleitores como eu, que não era do seu lado.

Bonotto - Na defesa do que pensa, Bolsonaro pode sair com uma frase mais forte. Só que para comandar um país deste tamanho e com esse congresso, é preciso ter posição firme para retomar a moralidade.

Bueno (PT) -  O plano de governo de Bolsonaro é um panfleto de ataques ao PT. O pobre precisa ter direito ao seu churrasquinho e à sua cerveja. O projeto do Bolsonaro quer cortar isso. Ele quer a carteira verde a amarela para cortar direitos.

Bonotto - Essa de tirar direitos é um equívoco. Nos direitos trabalhistas não se mexe. O presidente nem tem esse poder. O grande plano é investir nas indústrias e amenizar o desemprego, evitando jogar dinheiro para Cuba, Venezuela etc.

Bueno - Nós cometemos erros. Só que quando você quer condenar alguém é preciso prova. Delação não é prova. Nós fizemos essa defesa forte ao Lula porque não há prova, já que Lula não morou nem tem documento de que o Triplex seja dele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta