Apoiam este projeto:

terça-feira, 23 de outubro de 2018

"Não posso fazer nada, Jurandir”


O engraçado não foi o jornalista Juremir ter pedido demissão depois de 10 anos no programa da Guaíba por causa da entrevista do Bolsonaro. O engraçado foi ele pedir demissão no ar, e mais engraçada ainda foi a frase: "Não posso fazer nada, Jurandir”, disse Mendelski, se referindo ao outro colega e dando a entender que havia trocado os nomes.

Obs. Juremir Machado é petista declarado. A Guaíba é da  Record, cujo bispo Edir Macedo apoia Bolsonaro. A encrenca toda se deu porque Bolsonaro teria exigido que Juremir não participasse. 

Um comentário:

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta