Apoiam este projeto:

terça-feira, 18 de dezembro de 2018

Privatizar a água ou não? Eis a questão?

ARTIGO DO DIA
(J.Lemes) Quase todos os Estados estão com a máquina inchada. No RS, há mais gente em casa (aposentada e recebendo) que trabalhando. Não há como administrar uma “empresa” que arrecade menos do que gasta. Essa conta qualquer um faz.

Em momentos de aperto, quando se vê que é altos salários daqui e dali, vem alguém e diz: “privatizar e privatizar! Vender e vender”! Seria a solução?

Telefonia
Lembram da CRT (telefonia)? Quando chegamos em Santiago para colocar o jornal em 93, ninguém tinha sequer uma linha para nos alugar. Quem comprou várias linhas poderia alugar e cobrava um dois e até três salários mínimos. Ou seja. Vivia só do aluguel dos “seus” telefones.
Mas nós não conseguimos nem alugar uma.

Sei dizer que ficamos meses sem o tal telefone e, mesmo assim, fizemos o jornal sem falhar uma edição. Dois anos depois veio o tal celular, porém a gente já havia conseguido uma linha fixa com o número 1717,  que está conosco até hoje.

Presídios
No dia em que falei com o general Mourão e indaguei sobre a baderna nos presídios, ele disse que o caminho seria a privatização. Deu a entender que o Estado não consegue e não conseguirá retomar o poder dentro dos presídios.

Falta d‘água
Quando falei que na falta de luz também falta água e isentei a Corsan, alguém disse: vamos privatizar. Mas e quem fornece a energia? Por acaso não é uma empresa privada?

Pergunto de novo; a privatização é a saída? (Poste sua resposta nos comentários)

3 comentários:

  1. Sou totalmente contra as privatizações sou favorável à uma lei que proíba terminantemente governos de venderem ou privatizarem patrimônio públicos.

    ResponderExcluir
  2. Privatizaram a ferrovia e deu o que? Um monte de gente desempregada, gerando transtorno para todo o país,ficando predios e caminhos atirado as traças para juntar maconheiros e ladrões,muitas familias de santiago foram embora para a serra a procura de emprego inchando mais ainda aquelas cidades de gente desempregada. Pensamos bem antes de privatizar algo, pois muitas vezes privatizam para entregar aos amigos do rei.

    ResponderExcluir
  3. por falar em privatizar e o atendimento da RGE nao temos vereadores em santiago 1 2 3 horas ou mais para fazer uma aferiçao de medidor e nao fazem vamos reclamar para quem privatizar nunca

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta