Apoiam este projeto:

segunda-feira, 28 de janeiro de 2019

Bombeiros em Brumadinho trabalham sem 13º e com salários parcelados

Essa é a situação dos Bombeiros e de todos os servidores mineiros; os salários de todos está parcelados há quase três anos e estão sem perspectiva de receber o 13º de 2018. O Corpo de Bombeiros  mobilizou 280  homens para prosseguir na busca de vítimas da tragédia. Desde a última sexta (25), data do rompimento da barragem, o trabalho está árduo, meticuloso, e requer muito treinamento. Eles estão com lama até o nariz, para não afundar.

Outros servidores que participam do resgate, policiais e profissionais de saúde, também estão com os salários parcelados e o 13º salário atrasado.

2 comentários:

  1. Só pra controle. De que partido é o governador de lá mesmo???

    ResponderExcluir
  2. Brumadinho X Kiss

    Não sei quanto tempo vai demorar, mas espero que um dia a humanidade saiba dar valor a vida, ao próximo.
    Madrugada do dia 27 de janeiro de 2013, 242 vidas foram ceifadas, levadas por uma fumaça tóxica, asfixiante, que entre todos, todas as idade, sonhos levados, esperanças mortas, famílias destruídas.
    Em 25 de janeiro de 2019, ainda não se chegou ao total de quantas vidas serão ceifadas por uma lama tóxica que mata por asfixia, que soterra esperanças e destrói sonhos, famílias, uma comunidade inteira.
    Sem por menores e não menos valorosas junto a destruição da natureza humana, flora e fauna, não existe como calcular a trajedia, não se soma dor, não se calcula o quanto vale uma vida.
    Mas a humanidade hj já sabe quanto vale a ganância, a irresponsabilidade do poder, a falta que faz a fiscalização e o quanto vale um policial, um bombeiro e um voluntário.
    Nossas vidas diante da ganância são apenas números, diante do dinheiro não tem valor algum pq são ceifadas e menosprezadas pelo poder público diante do caos cao se tornou nossa política.
    Uma tragedia em quilômetros e uma em pequenos metros quadrados, mas com as mesma proporções e destruição incalculáveis pq levam consigo o peso de inúmeras vidas.
    Diante de toda a tragédia vivida deixo aqui a minha homenagem a grandes homens e grandes mulheres que lá estão para fazer a diferença, Polícias, Bombeiros e Voluntários, em uma das tragédias trabalhei e digo que a humanidade é podre, desumana, sem caráter, que não valoriza o seu bem maior que é a vida, e a vida do próximo. Sejamos vais dignos de vida, e menos capitalistas, sejamos mais humanos e menos pessoas, tenhamos mais sentimentos e menos arrogância.
    Todos podemos fazer a diferença.
    Esses homnes e mulheres que aí estão, amam não sua profissão, mas sim o fato de poder salvar, ajudar alguém, esse foi meu sentimento dentro da boate Kiss, que não consegui salvar vidas, mas devolver ela a quem de direito me transformou em uma pessoa melhor para encarar a minha vida, para ser um humano melhor.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta