Apoiam este projeto:

sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

RIO - Incêndio no CT do Flamengo mata 10 jovens atletas

Nesse centro de treinamento estavam atletas de 14 a 17 anos
No centro de treinamento dormiam atletas de 14 a 17 anos (mesma categoria dos atletas que jogaram na Copa Santiago). Dez morreram (entre atletas e funcionários) e três ficaram feridos.  (F: Zero Hora)

Os mortos são: Arthur Vinícius, Athila Paixão, Bernardo Piseta, Christian Esmério, Gedson Santos, Pablo Henrique, Samuel Thomas, Victor Isaías, Jorge Eduardo e Kykelmo de Souza Vianna. 

Feridos: Cauan Emanuel Gomes Nunes, Francisco Diogo Bento Alves, Jhonatan Cruz Ventura (em estado grave). 

Nenhum deles veio a Santiago em janeiro. O grupo que jogou a Copa Santiago está de férias.
O goleiro Christian Esmério é uma das vítimas. 
Os Bombeiros foram acionados às 5h e as chamas foram controladas às 7h20min. No entanto, equipes ainda trabalham no local.

"Se tivesse treino hoje, a tragédia teria sido muito maior", disse uma mãe.

Em 2018, o Flamengo inaugurou um novo módulo profissional e deixou a estrutura anterior (esta que foi atingida pelo incêndio) para as categorias de base. Em breve, essa parte também seria desativada.

O Centro de Treinamento do Flamengo (Ninho do Urubu) é considerado um dos mais modernos e maiores do mundo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta