Apoiam este projeto:

terça-feira, 2 de abril de 2019

Deputado Marcelo atento à reforma da Previdência

A convite do ministro Paulo Guedes (Economia), o deputado Marcelo Brum participou de importante reunião para debate e esclarecimento de todos os pontos propostos pelo texto apresentado ao Congresso.

Além do ministro, estavam presentes o secretário da Previdência e do Trabalho, Rogério Marinho, o assessor especial do ministério, Afif Domingos, e demais colegas da bancada do PSL.

"Essa é uma reforma estruturante e que vai mudar os rumos do Brasil, gerando investimentos e mais oportunidades de emprego para a juventude”, simplifica o deputado santiaguense (centro da foto).

2 comentários:

  1. O deputado mudou o penteado.kkkkkk

    ResponderExcluir
  2. ROSANE DE FATIMA MACHADO PINTO4 de abril de 2019 09:24

    Será deputado???
    O governo federal não encontrou um “ponto de equilíbrio” no texto entre a expectativa de vida, o tempo de desemprego e as condições econômicas de um país subdesenvolvido e “apenas uma minoria elitizada continuará a conseguir a aposentadoria”.
    Além disso, quem ler realmente e interpretar o texto da reforma sem o uso da cartilha do Paulo Guedes (banqueiro nato) a proposta acentuará as desigualdades sociais “já que muitas pessoas de classes econômicas de baixa renda dificilmente conseguirão cumprir com os requisitos atinge até quem está próximo da aposentadoria Diminui o BPC para $ 400:00 até os 70 anos só depois se conseguirá a integralidade de um salário mínimo.
    Acabara com a pensão por morte, ou seja, quando morrer um dos cônjuges o outro poderá optar por uma das pensões a outra será extinta. “A maior”! Ótimo! Mas te pergunto se este casal vivia de aluguel, pagava água, luz, gás, telefone e comia, com certeza.... Estas despesas serão agora pagas como?
    Teremos um pais ainda mais miserável com idosos e deficientes pedintes! Mas os banqueiros muito felizes...
    Rosane Pinto / Assistente Social
    Progressista

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta