Apoiam este projeto:

quinta-feira, 16 de maio de 2019

Quebra de sigilo de Flávio atinge ex-assessores do presidente Bolsonaro

A quebra dos sigilos bancário na investigação sobre as movimentações do senador Flávio Bolsonaro, filho de Bolsonaro (PSL), atinge cinco ex-assessores do presidente que trabalharam tanto no seu gabinete  (Câmara dos Deputados) como no de Flávio (na Assembleia do Rio).

Ao todo, quebra de sigilo atinge um total de 86 pessoas e nove empresas.

A quebra dos sigilos é o primeiro passo da investigação após um relatório do governo federal apontar movimentação suspeita de 1,2 milhão na conta de Queiroz, um militar aposentado que atuava no gabinete do filho de Bolsonaro.

Flávio já tentou paralisar as investigações por duas vezes sob o argumento de quebra ilegal de sigilo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta