Apoiam este projeto:

quinta-feira, 4 de julho de 2019

A lei do caminhão de lixo

ARTIGO DO DIA
(J.Lemes) O escritor Márcio Kühne escreveu que andava de táxi quando, de repente, um carro saltou do estacionamento. O motorista do táxi freou, deslizou e escapou por pouco! Enquanto isso o outro motorista xingou e gritou. Já o motorista do táxi apenas sorriu e acenou com sinal positivo. Aí, a pergunta: “Esse cara quase nos bate e foi o motorista do táxi que nos ensinou a lei do caminhão de lixo?”

Márcio Kühne ensina: muitos são “caminhões de lixo”. Andam carregados de frustrações, raiva e traumas. À medida que as pilhas de lixo crescem, precisam descarregar sobre a gente ou diretamente pela rede social, como se vê, todos os dias, aqueles à procura de uma “gota d’água” para botarem a boca.

Como dizem: se você não gosta de alguém, o problema é seu. Agora, se alguém não gosta de você, o problema é dele. Então, apenas sorria e acene. Não pegue esse lixo para espalhar sobre os outros no trabalho, em casa ou nas ruas. Não deixe que os caminhões de lixo aborreçam seu dia!

Um comentário:

  1. João faça uma reportagem sobre a máfia dos centavos.... isso quero dizer referente aos mercados da nossa cidade e região. As pessoas não observam ou por medo, vergonha ou algum outra motivo evitam pedir os centavos que os mercados insistem em roubar de nos consumidores. Dificilmente alguém nunca ficou no prejuizo, não importa se é 1 centavo ou 2 o que importa é que aquele pequeno valor que te roubam no caixa é teu, de teu direito. Se o consumidor for pagar na fila e faltar 5 centavos os caixas não passam, agora é doação para o asilo, é um centavo ali e outro e outro.... sugestão de uma boa matéria. Máfia dos centavos.

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta