Apoiam este projeto:

segunda-feira, 29 de julho de 2019

Giro crítico e noticioso

Pouco frio e pouca chuva

A semana começa com temperaturas agradáveis. Em Santiago a média é de 11 a 17 graus, com possibilidade de chuva para quase todos os dias, mas em pouca quantidade.

A chuvarada da semana anterior deixou muitos desabrigados em várias regiões, os quais já estão voltando para suas casas. Em São Gabriel, o volume de chuva passou dos 230 milímetros. O rio Vacacaí (foto) estava com mais de 7 metros acima do normal e 200 pessoas deixaram as casas. (foto: Zero Hora)

Falando em chuva, as estradas estão cada vez piores
Lá se vai mais de mês do anúncio dos 300 milhões para aplicar em rodovias (131 destes milhões seriam para a duplicação da RS-118 - Sapucaia-Gravataí. O restante (170 milhões) seriam para a conservação de rodovias, acessos municipais, sinalização... (foto de Rose Soldera)


Na região, seriam recuperadas a RS 168 (Bossoroca) e 377 (Santa Tecla), a 640 (Cacequi) e a 241 (São Francisco/São Vicente).

Está tudo silêncio por parte do governo. Nesta semana o santiaguense Amilton Ferreira conversou com alguns produtores em seu programa pela rádio Verdes Pampas. A indignação é geral. Pelo que se sabe,  o governo deve liberar três milhões para a região mais crítica. Esse valor só dá para 7 km de asfalto, alertaram eles durante o programa. (Convidado, produtor rural Edimar Ceolin)

Haverá uma mobilização por parte dos deputados estaduais e federais. Alguns produtores falam até em arrancar o que resta de asfalto e deixar apenas o chão batido. 

Obra de milhões segue apodrecendo

Capão do Cipó – Quem cruza a região rumo a Ijuí, Cruz Alta ou Passo Fundo, não deixa de perceber algo gigantesco à beira da rodovia. São as famosas caixas d’água, parte de um projeto que contemplou o sonho de 150 famílias. Sonho este que custou sete milhões e que hoje apodrece ao relento. Mas não se desesperem! Ainda tem muita coisa para apodrecer.

Caso do atentado em fase de julgamento
Falando em Capão do Cipó, em breve (talvez em menos de 30 dias) a Justiça Federal julgará o caso do atentado contra um sindicalista, ação essa que envolve um ex-prefeito. A região inteira está de ouvidos arregaçados para saber no que vai dar; condenação ou absolvição?

Relembre o caso
O sindicalista Giovani Diedrich (43 anos - foto) sofreu um atentado no início desta noite de quinta, 19. Conforme a polícia informou, ele levou um tiro no pé e também tem um corte na cabeça. Ele foi socorrido e trazido para o Hospital de Santiago. Giovani é bacharel em direito formado pela URI e, atualmente, comanda o Sindicato dos Municipários de Capão do Cipó.

Esse julgamento terá uma repercussão política na região, visto que a prefeitura de um dos mais ricos municípios está em jogo. Em breve, voltaremos aos fatos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta