Apoiam este projeto:

quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Jerônimo Goergen e Ernani Polo condenados à perda dos direitos políticos

Eles teriam mantido um servidor
que não comparecia à Assembleia Gaúcha
Porto Alegre - A Justiça condenou o deputado federal Jerônimo Goergen (PP) e o deputado estadual Ernani Polo (PP) à perda dos direitos políticos por cinco anos e proibiu-os de contratar com o poder público.

Também foi condenado o ex-presidente do MTG, Oscar Gress, que deverá ainda ressarcir os cofres públicos os valores recebidos na época em que permaneceu nomeado como assessor externo na Assembleia, além da multa.

A ação foi ajuizada em 2012, quando Goergen era deputado estadual. Na época, Oscar Gress era seu assessor sem comparecer ao trabalho. Goergen informou que Oscar trabalhava diariamente no Legislativo, quando, na verdade, estava na sede do MTG. Ernani Polo, na época, era chefe de gabinete de Goergen. Cabe recurso. (Fonte: Sul 21)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta