Apoiam este projeto:

terça-feira, 1 de outubro de 2019

Polícia desconfia que a motorista tenha bebido

Nova Esperança - A Polícia investiga se a motorista envolvida no acidente que resultou na morte de Camila da Silva Lavarda (18 anos) estava embriagada. Camila e outras duas jovens eram caroneiras de um Sandero que bateu contra uma árvore na RS-825.

Recusou a internação
O delegado Guilherme Antunes explica que a motorista foi a única que não teve ferimentos graves. Ela conseguiu sair do veículo e foi pedir ajuda a moradores e teria pedido para que a polícia não fosse acionada. Em seguida, após ser levada ao Hospital de Santiago, assinou termo de responsabilidade e foi embora, recusando internação. A polícia investiga se houve dolo eventual (quando se assume o risco de matar).

Sem bafômetro
“Quando a polícia chegou no local do acidente (e no hospital) a motorista já havia ido embora e não foi possível fazer o teste do bafômetro ou exame de sangue. Porém, já temos relatos de que ela estaria embriagada. Há, inclusive, alguns áudios de WhatsApp gravados antes do acidente, que já tivemos acesso, de que ela saiu de Santiago consumindo bebidas até Nova Esperança.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta