Apoiam este projeto:

segunda-feira, 14 de outubro de 2019

Sobre o cancelamento de linhas da Centro Oeste

Santiago - A empresa Centro Oeste foi notícia no Expresso. O diretor André Mafini disse que as gratuidades nas passagens acabam pesando no bolso do trabalhador que mais precisa. O alto preço dos combustíveis e da manutenção dos ônibus também afetam na passagem. Diante da diminuição de passageiros, a empresa cancelou algumas linhas, o que gerou reclames de muitos usuários.

Metade dos passageiros não paga
A Centro Oeste transporta 5.500 passageiros por dia e apenas três mil pagam a passagem. Os demais 2.500 usufruem da gratuidade. “A nossa fonte de receita é o passageiro. Com tanta gratuidade, a passagem acaba ficando mais onerosa”. André acredita que a gratuidade tende a diminuir ou até a acabar em alguns anos, como já ocorreu em vários países.

Obs. A Centro-Oeste ainda enfrenta a frota crescente de carros e motos, concorre com os táxis, as tele-motos e agora os aplicativos.

Uma mágica 
com chapéu alheio
Não defendemos a empresa, defendemos a realidade. Essas gratuidades, meia-entrada disso e daquilo ajuda muita gente, mas em certos casos não passa de populismo de político. Uma mágica com chapéu alheio. Quem faz esses projetos ganha aplausos, no entanto, o custo é largado no colo dos outros. Quem não pega ônibus acha lindo bem lindo, já que não precisa todos os dias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta