Apoiam este projeto:

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Mulher trans é morta a facada em Santa Maria

Verônica de Oliveira, de 40 anos, foi abordada na rua por um homem, em um carro. Eles teriam tido uma divergência em relação ao valor de um programa. A vítima foi chamada pelo indivíduo, o qual queria fazer um programa com alguma integrante do grupo. Ela e as demais não concordaram com o valor ofertado. Iniciou-se uma discussão. O homem foi ao seu carro pegou uma faca e atacou Verônica. Verônica Oliveira era uma liderança da comunidade LGBTQI+ no estado. Foi madrinha da Parada da Diversidade de Santa Maria e era a proprietária de um alojamento de transsexuais.
Esta é a terceira transexual morta em Santa Maria neste ano. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta