Apoiam este projeto:

segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Professores seguem a greve, mas agora há uma certa luz

A expectativa dos professores é que o governo gaúcho ceda em relação ao pacote que será votado na Assembleia na terça, dia 17, já que até os aliados estão sensíveis à causa. Em Santiago a greve ainda é forte, embora alguns professores estejam trabalhando, informou Leandro Parise, diretor do Cpers Santiago. A greve completa hoje 17 dias letivos.

Ele diz que os professores nunca foram tão apoiados em suas paralisações como agora e que um diálogo poderá ser viabilizado nas próximas semanas. “Esse pacote trará mais reduções salariais aos professores, os quais desde 2014 não recebem aumento”, disse o sindicalista, lembrando que o salário para 20 horas é de 620 reais apenas. 
Foto: Na rádio Nova Pauta, Leandro Parise e Geanine Bolzan Cogo, do Cpers Santiago.
REVEJA A ENTREVISTA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta