Apoiam este projeto:

sexta-feira, 17 de janeiro de 2020

Cai secretário de Bolsonaro após pronunciamento semelhante a de ministro nazista

A queda de Roberto Alvim aconteceu após ele citar Goebbels em vídeo de divulgação de programa de apoio às artes

Roberto Alvim defendeu que caso foi "coincidência retórica", mas que frase de Goebbels "é perfeita".
Após a repercussão negativa de um vídeo em que parafraseia o ministro nazista Joseph Goebbels, o secretário da Cultura, Roberto Alvim, foi demitido.

Ele disse: "A arte brasileira da próxima década será heroica e será nacional. Será dotada de grande capacidade de envolvimento emocional e será igualmente imperativa, posto que profundamente vinculada às aspirações urgentes de nosso povo, ou então não será nada".

O livro - De acordo com o livro Goebbels: a Biography, de Peter Longerich, a fala do nazista foi a seguinte: "A arte alemã da próxima década será heroica, será ferreamente romântica, será objetiva e livre de sentimentalismo, será nacional com grande páthos e igualmente imperativa e vinculante, ou então não será nada."



Um comentário:

  1. O perigo do plágio! Concurso neles para se saber das competências em jogo, principalmente a de ler/escrever bem e de ser criativo...

    ResponderExcluir

O Nova Pauta é um blog noticioso e crítico, portanto sua opinião é sempre bem-vinda. No entanto, seu comentário não será aceito se ele contiver conteúdo de de cunho racista, discriminatório, acusativo ou ofensivo de qualquer natureza contra pessoas e instituições;

E, de preferência, identifique-se. Mantenha o nível, mostre sua inteligência e contribua para um bom debate. Assim, sua crítica será bem recebida pelos leitores se você usar o poder do argumento.

É proibida a reprodução de parte ou do todo desta publicação sem a permissão dos seus autores.

Por fim: TODOS OS COMENTÁRIOS SÃO LIDOS antes de serem publicados. E isso pode demorar. Portanto, aguarde.

Editores

João Lemes
Éder Alves
Nova Pauta